close x

Videoartroscopia

Introdução

É um procedimento minimamente invasivo que permite a visualização e testes mecânicos de todas as estruturas intra articulares do joelho com baixa morbidade através de um aparelho chamado videoartroscópio. Este contém uma fibra óptica que transmite a imagem do seu joelho através de uma pequena câmera para o monitor da televisão.  A imagem da TV permite que o cirurgião examine o interior do seu joelho e determine a origem do seu problema. Durante o procedimento, o cirurgião também pode inserir instrumentos cirúrgicos através de outra pequena incisão no seu joelho para remover ou reparar os tecidos lesados.

A cirurgia é pouco traumática, a cicatriz é extremamente reduzida e a recuperação mais rápida. Atualmente, é utilizada para quase todos os procedimentos realizados no joelho.

Indicações

Lesões esportivas, lesões do trabalho, artroses (desgaste), entre outras lesões, podem resultar em dor e diminuição da função do joelho, necessitando um procedimento Videoartroscopico. A videoartroscopia pode ser usada para diagnosticar e tratar muitos destes problemas:

• Lesões meniscais;
• Fragmentos soltos de osso ou cartilagem (corpos livres);
• Lesão das superfícies articulares ou amolecimento da cartilagem articular (condromalácea);
• Inflamação da membrana sinovial (sinovite);
• Lesões ligamentares incluindo os ligamentos cruzados anterior e posterior.

Após a avaliação ortopédica, através da história, do exame físico e de exames complementares de imagem, seu cirurgião ortopédico analisará os resultados e juntamente com você, discutirá se a videoartroscopia será o melhor método para o tratamento do seu joelho. Todos os riscos da sua cirurgia (mínimos) serão explicados assim como as possíveis complicações pós operatórias.

Pré-operatório

A avaliação pré operatória é fundamental. Nesse momento, pode ser pedido que você faça uma revisão completa com seu médico clínico antes da cirurgia para avaliar sua saúde e descartar quaisquer condições que possam interferir na sua cirurgia. Informe ao seu médico todas as medicações que você esteja tomando e você será informado sobre qual medicação deverá parar de tomar antes da cirurgia. Exames de sangue e eletrocardiograma, podem ser pedidos pelo cirurgião ortopédico quando necessário.

Sua Cirurgia

Quase todas as cirurgias artroscópicas de joelho podem ser realizadas de maneira que o paciente retorna para casa no mesmo dia da cirurgia ou na manhã seguinte.

Uma secretária lhe informará todos os detalhes específicos da sua cirurgia como horário de sua chegada ao hospital e demais dúvidas que persistam.

A artroscopia pode ser realizada com anestesia regional ou geral. Os anestesistas ajudarão você a determinar qual será a melhor para você. Se você receber anestesia regional, você poderá assistir à cirurgia pela tela do monitor, se assim desejar.

Serão feitas duas pequenas incisões, uma em cada lado do joelho. Então será introduzido o artroscópio para confirmar o diagnóstico e tratar apropriadamente seu problema, usando a imagem do monitor como guia.

A cirurgia dura em torno de 45 minutos a 1hora.
Na conclusão da cirurgia, fecham-se as incisões com um ponto em cada orifício os quais são cobertos com um curativo e uma atadura.

Seu pós-operatório

É importante seguir cuidadosamente as orientações do seu médico após seu retorno para casa.

Você sairá do hospital somente com um curativo no seu joelho. Você poderá removê-lo em casa mesmo dois dias após a cirurgia, mantendo limpo somente com soro fisiológico. Você pode tomar banho, mas deve evitar água diretamente sobre as incisões. Mantenha suas incisões limpas e secas.

Seu retorno ao consultório com seu médico será dentro de aproximadamente 7 dias da cirurgia, para verificar seu progresso, revisando os achados cirúrgicos e começando o programa pós-operatório de reabilitação.

Importante:
Inchaço (edema): eleve sua perna o máximo possível nos primeiros dias depois da cirurgia. Aplique gelo 5 a 6 vezes ao dia durante 20 minutos. Proteja a pele com um tecido fino para que o gelo não queime a sua pele.

Apoio: na maioria das cirurgias artroscópicas, você pode caminhar com a ajuda de bengalas ou muletas e apoiando desde a fase inicial do seu pós-operatório. Em alguns casos específicos, essa liberação da carga sobre o membro operado deverá ser adiada. Você está autorizado a dirigir assim que suas condições o permitam.

Exercícios Pós-operatórios Imediato: você deverá exercitar seu joelho regularmente, várias vezes por dia, durante o período inicial de reabilitação domiciliar, conforme orientação do seu médico. Um fisioterapeuta capacitado pode ajudá-lo com o programa de reabilitação, se o seu médico recomendar.

Medicações: normalmente são prescritas medicações analgésicas e/ou anti-inflamatórias para ajudar a aliviar o desconforto decorrente da cirurgia.

Complicações: os possíveis problemas no pós-operatório da artroscopia do joelho são infecção, comprometimento venoso (trombose venosa) e acúmulo de sangue no joelho (hemartrose). São infreqüentes perfazendo menos de 1% das cirurgias e quando identificados são tratados.

Sinais de alerta

Chame seu cirurgião ortopedista imediatamente se você sentir algo
do que se segue:
• Febre.
• Persistente calor ou rubor (vermelhidão) na volta do seu joelho.
• Persistente ou crescente dor.
• Inchaço significante em seu joelho.
• Dor crescente em seu músculo da panturrilha.
• Diminuição da respiração ou dor no peito.

Videoartroscopia joelho